top of page
Buscar
  • colmeiagestao

Coliving: a proposta de moradia para quem busca poucos gastos e novas experiências

Em São Paulo, vários bairros aderiram ao novo modelo residencial, que atrai 55% da população por proporcionar ambientes econômicos e colaborativos integrados à vida urbana

 




São Paulo, junho de 2024 - Não é de hoje que a crescente demanda por soluções de moradia flexíveis e econômicas vem transformando o cenário imobiliário em São Paulo. Uma pesquisa da construtora Vitacon, em parceria com o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), apontou que, em 2019, apenas 30% dos brasileiros consideravam o coliving uma opção viável. Já em 2020, somente entre os paulistanos, esse número saltou para 55%.

 

Coliving é um modelo de residência que combina espaços privados com áreas comuns amplas, promovendo tanto a interação quanto a privacidade de pessoas que se unem para viver juntas.

 

Fundada em 2019, a Colmeia Coliving está na vanguarda desse mercado expansivo no Brasil, oferecendo uma proposta que vai além do simples ato de morar. Inspirada nas colmeias, onde as abelhas maximizam o uso do espaço com formas hexagonais, a rede de moradias compartilhadas já recebeu mais de 700 pessoas, contando hoje com 125 moradores em suas residências.

 

Em nove unidades espalhadas por diferentes bairros de São Paulo - entre eles, Vila madalena, Pinheiros e Vila Mariana -, jovens profissionais, recém-formados, universitários e imigrantes de países como França, Alemanha e Espanha encontram na Colmeia não apenas um lar duradouro, como também uma comunidade vibrante e acolhedora.

 

“A busca por moradia em São Paulo tem se tornado um desafio devido ao aumento constante dos preços imobiliários e à necessidade de maior flexibilidade,” observa Lazaro Tribst, arquiteto e cofundador da Colmeia Coliving. “O coliving atrai pessoas porque oferece uma alternativa que combina economia, comodidade e colaboração. Sem contar que, em uma metrópole tão dinâmica, as pessoas também buscam oportunidades para se conectar e crescer pessoal e profissionalmente.”

 

Todos os imóveis da Colmeia Coliving já foram casas ociosas que, sob o olhar de Tribst, foram reformadas para incluir um design moderno, com instalações que incluem jardins, áreas de convivência, salas de recreação, espaços verdes e quartos coletivos e individuais.

 

Cada unidade pode receber 15 pessoas, que passam por entrevistas e processos de seleção para que a adaptação seja confortável para todos os moradores. A gestão da convivência também é reforçada com reuniões mensais com a equipe da Colmeia para discutir responsabilidades e melhorias, além de visitas bimestrais às casas. Um cuidado que garante um ambiente harmonioso e colaborativo.

 

“Nós acreditamos que o futuro do morar envolve compartilhar mais do que apenas espaços, mas também experiências, ideias e um senso de comunidade. Estamos criando um ambiente que não só facilita, mas também inspira nossos residentes a viverem de maneira mais conectada e sustentável, incentivando São Paulo a ganhar uma nova dimensão de inovação imobiliária”, finaliza Andre Bacaltchuk, administrador e cofundador da Colmeia Coliving.

 

Sobre a Colmeia Coliving:

Fundada em 2019, a Colmeia Coliving é uma rede de moradias compartilhadas que incentiva a comunidade, a colaboração e a inovação entre seus residentes. Inspirada na eficiência das colmeias, onde as abelhas maximizam o uso do espaço com formas hexagonais, a Colmeia Coliving reforma casas localizadas nos melhores pontos de São Paulo, onde atende às necessidades de um estilo de vida urbano, acessível e conectado para jovens e adultos. Site: https://www.colmeiacoliving.com.br/ 

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page